origem
Quinta-feira, 15 de Julho de 2010

Capítulo Três

  Olá :)

 

Estou a adorar os comentários que tenho tido.

São poucos mas parecem ser sinceros.

Eu postei hoje...porque eu sei o que é sofrer pelo próximo capítulo, eu passo por isso sempre que leio a fanfic da Mariana ou da Sophie . :b

Por isso aqui está a famosa conversa de Renesmee com o Edward :)

 

Espero que gostem...

 

 

 Jacob saiu do carro e veio-me abrir a porta.Sai com a toda a calma do mundo, mesmo de preposito para enervar o meu pai.Jacob olhou para mim preocupado. Toquei-lhe na face , “Não te preocupes, isto passa-lhe.” Ele sorriu mas a sua expressão mudou quando o meu pai se dirigiu a nós.

 

  • Olá pai.- disse com sarcasmo. Ele olhou para nós, estávamos de mão dada. Assim que percebi retirei a minha mão da de Jacob.Edward estava realmente furioso, podia-se notar pelas sua cara.

     

  • Renesmee Carlie Cullen- disse ele.- quem te deu autorização, para pegares no carro novo? E mais, eu não dei autorização para este cacho...

     

  • Pai- chamei-o atenção pelo facto de estar a insultar o Jacob. Ele olhou para mim atónito, pela maneira que o defendi.

     

  • Jacob vai embora por favor- pedi, dando-lhe um beijo na face.

     

Ele não disse nada para me contrariar e naquele momento era o melhor que ele tinha que fazer. Deu-me um abraço e saiu a correr da nossa beira. Que raiva, ainda nem se quer chegou a hora do crepúsculo e o meu dia acabou.Não sei o que se tinha passado hoje, mas sempre que Jacob me tocava , uma onda de calor tomava conta mim. Não sei o significado disso, mas vou saber assim que falar com a minha mãe. Desviei-me do carro, sem olhar directamente para o meu pai, e entrei na porta directa para a casa.

 

O que o meu pai queria, é que eu me enerva-se e discutisse com ele , pois assim ele tinha razões para me por de castigo.

 

  • E agora também tenho- disse ele em correspondência aos meus pensamentos.

     

  • O que foi que fiz desta vez?- perguntei já dentro de casa. Todos me olhavam espantados, pelo tom que utilizei com o meu pai. Mas ele merecia. Eu só queria que ele deixa-se de ser assim tão protector. Qualquer dia farto-me o fujo de casa.

     

  • Experimenta menina Renesmee. Mas não é disso que temos que falar.- o meu pai dirigiu-se para o sofá onde a minha mãe se encontrava sentada.

     

  • O que se passa?- perguntou a minha mãe preocupada.

     

  • Não me digas que...

     

  • EMMET- gritamos todos ao mesmo tempo.

     

Eu só queria saber qual é o meu castigo, porque dessa já não me escapo. “Diz de uma vez qual é o meu castigo”. Eu estava farta daquela fita. Queria sair dali, ir para o meu quarto, queria ficar sozinha sei ninguém a ler os meus pensamentos. Tirei o meu casaco e deixei-o cair no chão. Dirigi-me à grande janela de vidro da sala. Virei-me de costas para minha família enquanto apreciava o belo dia que fazia lá fora.

 

  • Chega Edward. Vais dizer o que se passa?- resmungou Rosalie. Notava-se na voz dela que estava impaciente e curiosa.

     

  • O que se passou foi que a nossa Renesmee disse ao Jacob para conduzir um dos novos carros que comprei a semana passada. - disse levantando-se.

     

  • Eu não percebo qual é o mal.- disse a minha mãe. Eu adoro a minha mãe. Ela sempre me defende quando vê que as coisas estão a ser injustas, como agora.

     

  • Isso é o menos. Eu liguei-lhe e mandei-a vir para casa, mas ele desobedeceu-me.- disse de forma rude . Sentia os olhos dele postos em mim. Virei-me de repente e olhei-o .

     

  • Calma aí pai.Eu não vim embora, porque a razão pela qual tu querias que eu viesse não era o carro...- disse de forma agressiva. Dei um passo na direcção da minha família.- a razão era o Jacob. Admite pai.

     

Agora toquei no ponto fraco do meu pai. Custou-me fazer isto, mas era para minha própria defesa. Sentei-me na poltrona branca à espera da resposta dele. Ele olhava-me suspreendido, pois nunca pensou que fosse capaz de tocar nesse assunto.

 

  • Não é nada disso. Tu faltaste-me ao respeito, é o que está aqui em causa.

     

  • Faltei-te ao respeito, porque tu...- disse-lhe apontando o meu indicador na direcção dele- querias-me estragar o meu encontro com o Jake. - mais uma facada para Edward. Ele sabia o quanto me estava a custar falar assim para ele, mas não havia outra maneira. A milha família estava de queixo caído com a nossa discussão. Ninguém se atrevia a dizer nada.

     

  • Olha pai- disse levantando-me e seguindo na direcção dele- tu sabes o quanto eu te adoro. Mas tu próprio me obrigas a ser rude contigo.Mas o que estás a fazer agora é uma grande injustiça, e tu sabes disso. Mas se queres por-me de castigo, tudo bem eu aceito- respirei fundo, e olhei para a minha mãe- mas não acho bem, e desculpa a cena do carro, achei que te não importavas. E tenho a certeza, que se o Emmett pegasse no Jaguar , sem autorização tu não dizias nada.

     

Olhei para todos antes de me dirigir para as escadas. Quando pus o meu pé no primeiro degrau o meu pai chamou-me.

 

  • Renesmee...filha- olhei para ele triste, pela discussão que tivemos- Peço desculpa. Eu quero ser um bom pai mas só te deixo triste. Desculpa querida. - fiquei de queixo caído com o que ele disse. Nunca pensei, Edward Cullen, estou muito admirada. - Não te habitues. E filha para a próxima pede autorização, pode ser?

     

  • Claro pai. Desculpa. - disse-lhe enquanto lhe dava um beijo juntamente com um abraço.

     

  • Assim não tem piada- disse Emmet desolado. Começamos todos a rir.

     

    Agora que fiz as pazes com o meu pai, fiquei com a minha família na sala, a contar o quanto o carro era espectacular , e a reacção do Jacob a conduzi-lo.Mas claro não iria contar tudo, não iria contar os arrepios que me davam sempre que Jacob me tocava, ou o calor que passava o meu corpo sempre que ele me olhava com aqueles olhos castanhos. Não sei o que se passa comigo, em relação ao Jacob, mas isso eu vou descobrir em breve. 

 

estou : com ódio :|
ouvi: Yiruma- Rivers of flowers
escrito: Drica às 18:36
link do post | diz lá...o que pensas | favorito
10 comentários:
De soniiinhaaa :D a 6 de Setembro de 2010 às 03:20
Esta demais :D
Bjinhos


De sofiα6B a 21 de Julho de 2010 às 01:27
Zanga quando no final fica tudo bem é muito bom! *.* Adorei Drica e peço desculpa mas não tenho tido tempo para postar :( A sério mil desculpas meu anjo.

Beijinhos


De jessica a 17 de Julho de 2010 às 22:27
ola fofa
ta muito fofinha esta parte
bjs


De Mariana a 17 de Julho de 2010 às 18:57
1ºEtapa do Summer Fun já tá posta.
http://summer_fun.blogs.sapo.pt/
Beijinhos


De Inês a 17 de Julho de 2010 às 13:42
Olá!!!!
Queres divertir-te à grande?? Então participa no novo concurso do momento: Ice Cream Contest!
http://icecream-contest.blogs.sapo.pt/
Bjs


De Monica Costa a 16 de Julho de 2010 às 13:52
Ja estou viciada nesta fic.
Estou á espera do novo capitulo.
A Nessie está a sair da casca a quem sera que sai?...Ja o edward muito protector,e o emmett muito engraçado. Adorei. Quando postares o proximo avisa.
E quando vires a entrevista diz-me o que achas-te.


De Lua Vermelha FIC a 15 de Julho de 2010 às 19:48
Oh, que fic fofinha. Já está nos meus favoritos, assim que postares um novo capítulo, avisa-me :p
Beijinhos


De Drica a 15 de Julho de 2010 às 21:06
Olá catinha!!!!

Obrigado pelo comentário... eu não tenho ido visitar o teu blog e peço muita desculpa por isso...

E é com todo o gosto que te aviso quando postar...

Só te digo que isto vai começar a aquecer :)

Beijos


De Bárbara a 15 de Julho de 2010 às 19:47
Ai pá quase que havia porrada,mas a Rennesmee é muito segura :)
O Edward está a ser muito protector mas pai é pai e ele só tem é de moderar um bocadinho para tbm nao magoar o Jacob^^

E sabesmo muito bem o que a rennesmee está a sentir pelo Jacob..aiaia :P

Beijinhos e continua ,estou a adorar :D


De Drica a 15 de Julho de 2010 às 21:03
Obrigada Bárbara... ainda que estás a adorar...
E tens razão o Edward tem que moderar um pouco para não ferir o Jacob...
E claro que sabemos o que ela sente pelo Jake... :)

Beijos



Comentar post

.quem sou?

.pesquisa...

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.já escrevi

. Informações

. Capítulo Trinta e Oito

. Capítulo trinta e sete

. Capítulo trinta e seis

. Capítulo Trinta e Cinco

. Capítulo Trinta e Quatro

. Capítulo Trinta e Três

. Capítulo Trinta e Dois

. Primeiro Ano!

. Novo Visual

. Capítulo Trinta e Um

. Capítulo Trinta (parte 2)

. Capítulo Trinta (parte I)

. Capítulo Vinte e Nove

. Informações

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010