origem
Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010

Capítulo Treze

Olá people...

Ando tão contente.

Estou a adorar os comentários.

Obrigado é a única coisa que vos posso dizer...

Espero que gostem...

 

 

 

Uma luz brilhante entrava pela janela, sem um pedido de autorização. Estava sol na pequena cidade de Forks, o que era muito raro.Mais um belo dia e eu aqui fechada neste quarto,rodeada de livros e CD’S de música clássica que só o meu pai ouve.

A melodia que se formava no exterior da casa era algo natural. Algo estonteante e perfeito. O bater dos bicos dos pica-paus, o que eram raros, assemelhavam-se ao toque de uma bateria, o cantar melodioso dos pequenos pássaros que exploravam o jardim da minha avó, pareciam violinos a tocarem a quinta sinfonia de Bethoven. O vento que passava entre as folhas, carregadas de pequenas gotas de orvalho, lembrava-me a flauta que o Seth me costumava a tocar quando ainda era criança.A natureza estava perfeita , para passar mais algumas horas que restavam daquele início de manhã.

Ao contrario da minha fraca e penosa vida, que neste momento não consegue encontrar um raio de esperança para me fazer sorrir verdadeiramente. Quando alguém da minha família vem fazer-me companhia, eu tento formar um sorriso com os meus lábio macios, mas é um sorriso insignificante , que não tem uma gota de alegria e de esperança.

Um mês se passou e nada de Jacob. Um mês se passou e eu nem tento olhar nos olhos dos meus pais .Isso é o que torna a dor que carrego insuportável .Algo difícil de combater sem ajuda.Eu tentei chegar a um acordo com a minha família, mas eles não querem fazer nada sem autorização do Srº Edward Cullen e da Srª Isabella Cullen.

Os meus pensamentos foram interrompidos com três batidas na porta branca do meu novo quarto.

Um odor que eu conhecia ocupou o ambiente .Um cheiro que já não sentia á um mês. Um odor que me despertou saudade no meu interior.Um odor que fez com que uma dor enorme ataca-se o meu coração como finas agulhas. Dor por não querer deixar de ser orgulhosa e saudade porque o odor era do meu pai.

Foi então que uma voz melodiosa e suave chegou aos meus tímpanos.

- Renesmee, posso?

Não respondi . Mas ele levou o meu silêncio como um sim.Um sim que tinha dito com a toda a satisfação á um mês atrás.

Vi o meu pai a abrir a porta com algum cuidado. Entrou no meu quarto devagar e cautelosamente. Sentou-se no sofá preto que se encontrava na ponta do quarto.Em resposta, virei-lhe as costas.

-Filha…- começou por dizer- Eu sei que estás a sofrer muito.Eu sei o quanto a ausência da pessoa que amamos é difícil. Já passei por isso , com a tua mãe.

Respirei fundo, ergui a cabeça e virei-me para o enfrentar. Tristeza, raiva e dor eram os sentimentos que permaneciam nos seus olhos dourados. Uma vontade enorme de chorar invadiu-me , mas não me deixei abater por tão pouco.

- O que te tenho a dizer é breve e simples- disse ao fim de me preparar mentalmente .

- Pois então, podes começar.

- Pai. Eu não aguento ficar longe de Jake por mais tempo. Isto está-me a deixar louca. Eu já não tenho esperança, já não tenho vontade de sorrir, já não tenho forças para derramar uma única lágrima- resfoleguei- Eu já não sei o que é sorrir de verdade, correr livremente pela minha mente e encontrar felicidade.A luz que iluminava a minha vida era o Jake, e vocês apagaram-na - levantei-me e dirigi-me á janela – sinceramente não percebo , o porquê disto.

Senti uma gota de água a descer pela minha face. Limpei-a com a ponta dos meus dedos finos e fixei o olhar no meu pai. Ele olhava-me estupefacto, certamente com o que acabara de dizer. Mas o que me interessava neste momento era o porquê.

“Porque me estão a fazer sofrer tanto? Porque é que expulsaram o Jacob da minha vida desta forma? Porquê?”

Tantas perguntas, mas tinha a certeza que não iria obter as respostas de qualquer uma, hoje.

 

 

 

estou : cansa da vida :(
ouvi: Simple Plan - Perfect
escrito: Drica às 14:12
link do post | diz lá...o que pensas | favorito
25 comentários:
De Cate J. a 6 de Setembro de 2010 às 00:01
Olá, obrigada por leres e ainda bem que gostaste! : D
Qunado escreves mais da outra? Em que o Jacob está ferido?? :o

Beijinhos e obrigada querida :D


De Ana a 5 de Setembro de 2010 às 22:05
Ainda bem que estás assim tão entusiasmada. :D

Já eu, gostava de ter mais comentários e pessoas a ler o meu blog... :( Talvez assim fosse mais motivante... :x No entanto, as que lêem e comentam são umas FOFINHAS, por isso...


De Ana a 5 de Setembro de 2010 às 21:41
:D Ainda bem!!!! Vou ficar à espera!!

Olha, quanto ao outro blog, é pena, mas se não estás inspirada, então concentra-te neste por uns tempos e talvez depois quando estiveres com saudades daquela fic, pode ser que te surjam ideias. :)


De Ana a 5 de Setembro de 2010 às 21:32
Dricaaa...? :D À meia noite já é "amanhã"... :D
PLEASEEEE!!!


Olha, e no outro blog, quando postas? Daqui a pouco tempo já passou quase 1 mês... :(


De Ana a 5 de Setembro de 2010 às 21:24
Oh...obrigada! :D

Também pareces ser uma FOFINHA! :p
E é óbvio que também ADORO aquilo que escreves (e tenho a dizer que já estou algo ansiosa pelo próximo capítulo... :x)

Beijos grandes


De Ana a 5 de Setembro de 2010 às 20:50
Olá :$

Desculpa não ter avisado... :x


De sofiα6B a 5 de Setembro de 2010 às 00:17
Às vezes tenho vontade de matar toda a gente por os separarem! Maravilhoso Dri *

Beijokas


De Isabela a 4 de Setembro de 2010 às 16:43
Spam: 13º capítulo postado :)


De Marta a 4 de Setembro de 2010 às 15:08
Quando há novo capitulo?


De Drica a 4 de Setembro de 2010 às 15:11
Adoraria dizer-te que iria ser hoje...mas não.
Não vai ser hoje, nem amanhã. Talvez ...
Segunda.
Vou ver o que posso fazer...
De nada :)


De Mónica a 3 de Setembro de 2010 às 21:43
Eu gostava imenso de te deixar um enorme comentário acerca de cada capitulo que escreves...acredita, mas nao consigo e sabes porque?

Tu deixas-me sem palavras!!!
O que te posso dizer e que escreves lindamente.
Bjs, fofura of my life!!! :p
<3


Comentar post

.quem sou?

.pesquisa...

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.já escrevi

. Informações

. Capítulo Trinta e Oito

. Capítulo trinta e sete

. Capítulo trinta e seis

. Capítulo Trinta e Cinco

. Capítulo Trinta e Quatro

. Capítulo Trinta e Três

. Capítulo Trinta e Dois

. Primeiro Ano!

. Novo Visual

. Capítulo Trinta e Um

. Capítulo Trinta (parte 2)

. Capítulo Trinta (parte I)

. Capítulo Vinte e Nove

. Informações

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

.Links

.Visitas

contador de visitas

.Online

online