origem
Domingo, 29 de Agosto de 2010

Capítulo Doze

Olá...

Este capítulo foi postado...porque a Ana, do blog Penumbra, me pediu com muito jeitinho...

Por isso aqui fica mais um.

 

ps: O comentário cem já foi feito. Mas só saberão quem foi quando fizer a plaquinha.

 

 

Aquelas últimas palavras ecoavam na minha cabeça, “Nunca desistirei de ti”. O som da sua voz ocupava o meu cérebro, o seu cheiro que estava embrenhado nas minhas almofadas faziam-me sonhar com impossível, ainda podia sentir a sensação do seu toque na minha pele, cor de pérola. Mas no final, eu sabia que tudo não passava de simples lembranças do homem que me fazia feliz , que me fazia sentir amada, que fazia de mim uma princesa.

Lembranças que faziam as lágrimas explorarem a minha face pálida. Lembranças que me ajudavam a viver cada segundo que passava. Lembranças que me faziam sentir falta da coisa mais importante da minha vida, Jacob Black.

Estava sentada na cama, que há anos atrás fora do meu pai, olhava para o exterior através das enormes paredes de vidro. Era hora de crepúsculo, o sol estava com uma cor alaranjada, as nuvens que cubriam parte do céu estavam com um rosado , em que era normal alguns dias antes de trovejar.

Uma tempestade aproximava-se, e essa seria sincronizada com a minha alma. Uma alma confusa, cheia de repulsa, ódio, saudades e amor. Uma tempestade de sentimentos invadia o meu interior, a cada dia que passava. Uma onda de saudades invadia-me quando chegava ao fim do dia e eu ficava sentada na cama a ver as fotos que tinha tirado com o Jake. Saudades de tocar nos seus lábios, saudades de sussurrar no seu ouvido,tocar-lhe nos músculos perfeitos do seu abdómen e passar-lhe os meus dedos pelos seus cabelos sedosos.

Estava á duas semanas a viver na casa do meu avô Carlisle. Não dirigia uma palavra e nem se quer um olhar aos meus pais. Sei que estava a ser infantil, porque fui eu que traí a confiança deles afinal. Mas, eles não têm o direito de me proibir de ver o meu Jake.

O mais confuso e o mais difícil de compreender á a reacção do meu pai. Ele que sabe melhor que ninguém, tudo o que sinto, tudo o que penso e tudo o que desejo. Insiste na proposta de castigo da minha mãe. “Proibida de ver e falar com Jacob Black, por tempo indeterminado.”

 

estou : alegre
ouvi: Lifehouse- You&Me
escrito: Drica às 02:03
link do post | diz lá...o que pensas | favorito
11 comentários:
De Isabela a 1 de Setembro de 2010 às 23:20
Querida e estimada leitora, era para informar que o 12º capítulo encontra-se postado :)
um beijinho, ~ c.cullen.


De Isabela a 1 de Setembro de 2010 às 18:51
Olá Drica :)
Desde já, quero agradecer todos os comentários, do fundo do meu coração. Eu sempre gostei da tua Fic e tenho pena que não postes mais vezes, porque acho que escreves muito bem e com bastante originalidade. Tens talento míuda.
Claro que te adiciono à lista de leitoras, com muito gosto :)
Beijinhos de uma fã tua, ~ c.cullen (cátia reis).


De One love & One heart a 1 de Setembro de 2010 às 00:30
Querida compreendo é dificil postar todos os dias, mas fico feliz por me teres adiantado.

Bjs


De One love & One heart a 31 de Agosto de 2010 às 23:48
Drica , eu não posso matar te, és a minha leitora preferida e tenho um imenso carinho por ti, podes ter a certeza que sei hoje em relação a escrita é graças a ti que incentivaste me imenso.
E já agora não demores muito a publicar a tua fanfic eu estou ansiosa para ler o próximo capitulo.

Bjs querida


De QaQei Simpson a 30 de Agosto de 2010 às 23:37
Olá meu amor!

Quero que escrevas mais um!

Olha amor obrigada por todo o teu apoio. mas por vezes é dificil continuar.

Muito obrigada por continuares a apoiar-me e estares desse lado para me veres feliz

bjs

adrt <3


De jessica a 30 de Agosto de 2010 às 22:16
ola fofa
este post ta muito sentimental coitada da nessie ta mesmo triste
continua a escrever
bjs fofos


De Marta a 30 de Agosto de 2010 às 18:41
Aiiii :( Puseste-me aqui a chorar e a musica ai meu deus, tudo à mistura e fiquei aqui a chorar que nem uma perdida !

Ouve, está mesmo lindo, pefeito, maravilhoso, e consegues depositar aqui todas as emoções esotu ansiosa por mais, a serio :D

Continua querida, porque tens imenso talente!

Beijinhos
Parabenssss


De sofiα6B a 30 de Agosto de 2010 às 03:51
OMG Vou morrer buahhh Dri não me podes fazer isto! :P

Beijinhos Meu Anjo


De One love & One heart a 29 de Agosto de 2010 às 14:21
Amei entraste no sentimento de Renesme e exploraste a sua dor e a sua "perda" esta muito lindo.
Parabens

Beijinhos querida :)


De Mónica a 29 de Agosto de 2010 às 10:14
Muito bom como sempre!

Bjs, adoro-te!!!! :)


Comentar post

.quem sou?

.pesquisa...

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.já escrevi

. Informações

. Capítulo Trinta e Oito

. Capítulo trinta e sete

. Capítulo trinta e seis

. Capítulo Trinta e Cinco

. Capítulo Trinta e Quatro

. Capítulo Trinta e Três

. Capítulo Trinta e Dois

. Primeiro Ano!

. Novo Visual

. Capítulo Trinta e Um

. Capítulo Trinta (parte 2)

. Capítulo Trinta (parte I)

. Capítulo Vinte e Nove

. Informações

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

.Links

.Visitas

contador de visitas

.Online

online