origem
Quinta-feira, 29 de Julho de 2010

Capítulo Cinco

Pessoal como eu já disse no poste anterior, vai ser complicado postar durante o mês de Agosto , mas eu vou fazer de tudo para escrever e dar-vos todas as semanas um novo capítulo.

Como sabem, e acho que já repararam, eu só posto á quinta. Sim... este é o dia dos postes no Behind chocolate eyes...

Espero que gostem deste capítulo...

 

Beijos

 

 

 

Esta manhã acordei com uns barulhos estranhos. Não sei bem o que era, mas parecia o meu pai e a minha mãe. Oh, que nojo!Eles podiam fazer isso enquanto eu dormia, pelo menos não ouvia nada.

Passado pouco tempo os barulhos pararam. O meu pai ouviu o que eu pensei, ainda bem. Suspirei aliviada.

Levantei-me e dirigi-me à janela, separei as cortinas rosas para entrar claridade. Estava um belo dia de sol, o que é muito raro em Forks.Sentei-me à janela a observar o belo jardim.Como tudo estava bonito. As rosas vermelhas abriam, ao mesmo tempo que o sol nascia, a relva parecia que se mexia com o derreter do orvalho e os pássaros chilreavam contentes a tomar o seu banho na fonte que tinhamos no jardim. Reparei em dois pássaros que estavam pousados na ponta da fonte, era um casal de passarinhos, estavam tão contentes, imaginei que estivessem a namorar. Um arrepio subiu pelas minha coluna acima. Voltei a olhar para os pássaros, mas agora via neles a minha cara e a do Jacob. Será que poderiamos ser assim felizes? Não claro que não, ele nunca vai olhar para mim de maneira diferente. Ao pensar nisso uma lágrima caiu dos meus olhos.Levantei-me e dirigi-me à porta , para ir tomar um duche . Ao abrir a porta deparei-me com o meu pai e a minha mãe.

Eles sorriram de forma traiçoeira. “O que estão a fazer aqui, encostados à minha porta?”. O meu pai ignorou a minha questão.

  • Bom dia, Nessie- disse Edward sorrindo ao mesmo tempo.

  • Bom dia pai. Posso vos pedir uma coisa?- fiquei um pouco corada, porque o que ia pedir era um pouco constrangedor- Quando tiverem relacionamentos físicos... - resfoleguei, e reparei que a minha mãe escondeu a cara dela no peito nu do meu pai. - prefiro que tenham à noite, quando estiver a dormir... é porque é um pouco constrangedor- corei ainda mais- para mim... ouvir os meus pais...pronto vocês percebem. - sorri e olhei para o meu pai, para que ele dissesse alguma coisa.

  • Desculpa Nessie- ele sorriu envergonhado- não volta a acontecer.

Sorri e dei um abraço e um beijo aos dois, tentando ganhar forças para passar bem o dia. Desviei-me e dirigi-me para a casa-de-banho. Liguei o chuveiro para temperar a água, retirei o meu pijama lentamente, a seguir foram as roupas interiores e por fim entrei no chuveiro. Era tão bom sentir a água passar pelo nosso corpo, e podermos relaxar. Perdi a noção do tempo. Só voltei à realidade quando ouvi uma voz delicada a chamar por mim.

  • Renesmee, despacha-te. Eu e o teu pai também queremos tomar banho. - disse batendo à porta. Abri os olhos, retirei o champô e saí da base. Peguei em duas toalhas uma para o cabelo e outra para o corpo, abri a porta de repente e sai directamente para o meu quarto, sei dizer uma única palavra aos meus pais. Abri a porta do meu guarda-roupa, que era da largura do quarto, para escolher uma rompa decente. Eu nesse aspecto não saí à minha mãe, adoro me produzir, mas sem exageros.

Hoje apetecia-me algo simples, nada de saltos altos e saias ou legins. Uma t-shirt e umas calças de ganga estavam optimas. Sentei-me na cama e olhei para o armário e reparei numas calças de ganga simples, depois ao lado encontrava-se uma camisola de meia-manga castanha com umas letras. Peguei na roupa e vesti-a. Fui até à parte do calçado e reparei numas botas de cano alto castanhas, adorei-as, calcei-as.Fui directamente para a casa-de-banho, que já estava desocupada, para secar o meu cabelo, e por o creme hidratante na cara. Estava pronta.

Saí de casa a correr para casa do Carlisle. Normalmente esperava pelos meus pais, mas hoje não me apetece falar. Simplesmente quero estar sozinha e no meu canto.

Cheguei à grande casa num instante,estava toda a gente na sala. Todos olharam para mim, mas eu segui para a cozinha sem dizer qualquer palavra. Desta vez fui eu que preparei o meu pequeno almoço. Sentei-me na cadeira da ilha e comecei a comer. Ouvia a minha familia a murmurar sobre mim.

  • O que é que a Nessie têm?- perguntava a Esme.

  • Não sei, mas é melhor deixa-la sozinha.- dizia a Rosalie. Claro, que a Rose percebia o que eu queria. Ela era uma segunda mãe para mim. Anotei mentalmente, para lhe agradecer mais tarde, por ter dito para me deixarem sozinha, Que era o que realmente queria.

Passado algum tempo,um cheiro conhecido invadiu a sala. O meu coração acelerou, a minha respiração diminuiu, comecei a transpirar por todos os lados. “Calma Nessie, é só o Jacob. Ai meu Deus é o Jacob. “.

  • Nessie...olha quem está aqui- disse o meu ti Emmett com ironia. Caramba ele ainda não tinha esquecido do incidente da manhã de ontem. O meu coração palpitava tão rápido, que a qualquer momento poderia sair do meu corpo.

Ouvi os seus passos pesados a vir para a cozinha. Disfarcei e continuei a comer.Não queria despertar nenhum interesse na pessoa que vinha a caminho, mas isso era impossível.

Eu amava Jake e não poderia esconder mais esse sentimento, eu tinha que saber se ele me amava da mesma maneira que eu o amo. Ele aproximou-se por trás de mim, abraçou-me e beijou-me as bochechas coradas.Virei-me na cadeira, de forma a ficar de frente para ele. Jacob estava lindo, como sempre. Vestido com aquela camisola preta que eu adoro e uns calções de ganga, todos rasgados. Olhei para os seus olhos, estavam brilhantes como duas estrelas novas.

  • Bom-dia Nessie- disse-me libertando o sorriso caloroso que ele me dava todas as manhãs.

O que eu queria neste momento, era saltar para o colo dele, abraça-lo, beijar aqueles lábio perfeitos que ele tem. “Renesmee calma. Vai com calma”. Sorri.

  • Bom-dia Jake!

  • Estava a ver que também não querias falar para mim.- disse com um olhar triste- a tua familia está muito preocupada com o comportamento que tiveste à pouco.

Desci da cadeira, desviando-o da minha frente. Fui para o outro lado da ilha para arrumar a louça que utilizei. Virei-me para ele, e disse-lhe de forma fria.

  • Não me apetece falar com ninguém. Quero estar sozinha... será que é muito difícil perceberem isso. - ao fim de falar arrependi-em logo. Jake lançou-me um olhar triste até me pareceu ver uma lágrima.

  • Eu percebo Nessie. Não te chateio mais.- vi.o a sair da cozinha com os olhos postos no chão.”Nessie como podes ser tão parva, corre atrás dele.”.

  • Jake...- chamei, mas ele não olhou.Corri atrás dele, amarrei-lhe no braço e ele estremeceu. Antes de falar suspirei- desculpa... não devia ter dito aquilo.Eu sou uma rapariga mimada...

  • Nessie...olha para mim- disse ele, fiz o que ele mandou. - achas que me importo com isso? Achas que estou chateado contigo por quereres estar sozinha?

  • Não...mas eu não te devia ter dito aquilo daquela forma. Principalmente eu que ...- já estava a falar demais. E agora o que faço? Será que ele percebeu?

  • Principalmente tu o quê? Nessie o que é que me andas a esconder?

Agora estava encostada contra a parede e não podia fugir. A única solução é falar com ele, mas não aqui. Amarrei na mão dele e levei-o para a floresta. “Nessie pensa o que vais dizer e como.”.

Chegou a hora , de enfrentar os meus verdadeiros sentimentos por Jake.

 

Roupa de Renesmee

 

estou : Louca :p
ouvi: Simple Plan- Perfect
escrito: Drica às 13:11
link do post | diz lá...o que pensas | favorito
7 comentários:
De jessica a 4 de Agosto de 2010 às 18:04
oh tinha logo que acabar logo na melhor parte
mas ta muito fixe
continua a postar pois tens muito jeito
bjs fofos


De Mariana a 2 de Agosto de 2010 às 11:49
Desculpem só avisar agora, mas a 3ºetapa do Summer Fun já postada.
http://summer_fun.blogs.sapo.pt/
Beijinhos


De Bárbara a 30 de Julho de 2010 às 01:40
Olá Drica (sim já sei o teu nome)^^

Acabaste logo na melhor parte..humm, mas adorei! :D

Tenho pena que vas ficar muito tempo sem postar mas eu cá esperarei por mais capitulos :)

Beijinhos**


De Drica a 31 de Julho de 2010 às 19:09
Olá Bárbara!!!

Não te preocupes vou fazer os possíveis para postar todas as quintas-feiras...
Pensavas que vos ia deixar assim tão facilmente nem penses... :)

Beijos

E a melhor parte ainda está para vir...
digo-te capítulo nove espera daqui a quatro semanas lerás :p



De sofiα6B a 30 de Julho de 2010 às 00:54
Oi Driquinha que cap mais fofo *.*
Faz com que ela conte rápido PLEASEEEEE!!
GMDT Meu anjo e obrigada por postares
Beijo no <3


De Monica Costa a 30 de Julho de 2010 às 00:28
Que nervos! Agora que ela se ia declarar. Urggggggg!
Mas nao faz mal desde que continues a escrever bem como sempre e o que interresa.
ADORO-TE( coisinha torta)
Ahahahahahaha!


De Lua Vermelha FIC a 29 de Julho de 2010 às 18:30
Olá Drica. Também adoro a maneira como escreves e estou cheia de pena por não vires postar tão frequentemente em agosto. Já postei o sexto capítulo. Queria era que fizesses-me o favor de me avisares sempre que postares aqui, sim? beijinhos, continua.


Comentar post

.quem sou?

.pesquisa...

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.já escrevi

. Informações

. Capítulo Trinta e Oito

. Capítulo trinta e sete

. Capítulo trinta e seis

. Capítulo Trinta e Cinco

. Capítulo Trinta e Quatro

. Capítulo Trinta e Três

. Capítulo Trinta e Dois

. Primeiro Ano!

. Novo Visual

. Capítulo Trinta e Um

. Capítulo Trinta (parte 2)

. Capítulo Trinta (parte I)

. Capítulo Vinte e Nove

. Informações

.arquivos

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

.Links

.Visitas

contador de visitas

.Online

online